Chinaglia anuncia acordo para votar reforma em 2009

Deputado havia dito que seria impossível votar o projeto este ano; oposição tprometia continuar obstruções

DENISE MADUEÑO, Agencia Estado

03 de dezembro de 2008 | 19h37

O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), anunciou nesta quarta-feira, 3,  um acordo firmado entre os líderes do governo e da oposição para votar a reforma tributária em março do ano que vem. O anúncio de Chinaglia foi feito após uma reunião com os líderes dos partidos.       Veja Também: Veja os principais pontos da reforma tributária Leia a íntegra da proposta que tramita na Câmara  Na segunda-feira, presidente da Câmara disse que seria "impossível" que a votação da reforma fosse concluída este ano. A oposição também prometia continuar obstruindo as votações na Casa para tentar impedir a análise da proposta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.