Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Chico Buarque elogia FHC em entrevista ao ‘El Pais’

Em uma entrevista ao jornal espanhol ‘El País’, o cantor, compositor e escritor Chico Buarque, que sempre se mostrou crítico de Fernando Henrique Cardoso, desta vez teceu elogios ao ex-presidente.

Jair Stangler, estadao.com.br

02 de fevereiro de 2011 | 14h02

Após enaltecer a prioridade do também ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de tirar o maior número de pessoas da miséria e dizer que isso continua com a presidente Dilma Rousseff, Chico afirmou que os méritos desses avanços também vieram “das bases da política econômica empreendida por Fernando Henrique Cardoso”.

Segundo ele, esta “foi a chave sem a qual não se poderia avançar. Toda essa transformação foi levada a cabo com as regras do capitalismo para criar uma riqueza que devia ser distribuída. Alguns esquerdistas podem pensar que não foi suficientemente humanitário, mas ninguém pode negar que foi o mais inteligente.”

A declaração não deixa de surpreender. Em 1978, Chico fez o jingle da campanha de FHC ao Senado. Depois, em 1985, Chico adaptou ‘Vai Passar’ para o amigo na campanha pela Prefeitura de São Paulo.

Desde 1989, no entanto, Chico sempre apoio Lula e o PT nas campanhas pela presidência, inclusive em 1994 e 1998, contra o próprio FHC. O cantor tornou-se crítico da política neoliberal adotada pelo tucano.

Em 1998, uma nota de bastidores revelou que FHC considerava Chico “elitista e ultrapassado”. Em conversa com o então presidente de Portugal, Mário Soares, FHC teria dito ainda que gênios mesmo eram Caetano Veloso e Gilberto Gil, que haviam lhe apoiado em 1994.

À época, surgiu o boato de que a música ‘injuriado’ seria uma resposta de Chico às declarações de FHC. O cantor, no entanto, negou. “Primeiro porque não fiquei injuriado com nada, segundo porque nunca vou chamar Fernando Henrique de meu bem”, disse na época.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.