Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Chico Alencar desiste de disputar a Presidência e vai se lançar ao Senado em 2018

Partido quer definir ainda este ano quem será o candidato a presidente da sigla

Isadora Peron, O Estado de S.Paulo

17 Outubro 2017 | 19h14

BRASÍLIA - O deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) afirmou nesta terça-feira, 17, que desistiu de disputar a Presidência da República e que vai tentar uma vaga ao Senado em 2018.

Chico era um dos nomes cotados pelo PSOL. O partido costuma lançar candidatos ao Palácio do Planalto que têm pouca chance de vitória, mas marcam posição no campo da esquerda.

Presidente da Comissão rejeita fatirar denúncia contra presidente e ministros

Na avaliação do deputado, na candidatura ao Senado, ele também corre “risco” de não ser eleito, mas não tão grande quanto se disputasse a Presidência.

Segundo o parlamentar, ele tomou a decisão depois de consultar o seu círculo mais próximo de convivência e de outros integrantes do partido.

Plenário do Supremo vai julgar se TCU tem poderes para bloquear bens

O PSOL quer definir ainda este ano quem será o candidato a presidente da sigla em 2018. Um dos cotados é Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, que ainda não se filiou à legenda. Segundo nomes do partido, Boulos resiste à ideia por não querer enfrentar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.