Chávez vem a Brasília para encontro com Lula

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, chegou nesta quarta-feira à noite a Brasília para um jantar com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na primeira parte de sua agenda no Brasil. É o primeiro compromisso do venezuelano depois da vitória nas urnas no último fim de semana. Com uma hora de atraso, por volta das 21 horas, o presidente venezuelano chegou à capital e foi direto para o Palácio da Alvorada, onde foi recebido por Lula. Na chegada, trajando sua tradicional camisa vermelha, Chávez posou com Lula para fotos da imprensa oficial. Chávez já havia dito que viria ao Brasil primeiro "por respeito e amizade ao presidente Lula". A agenda continua nesta quinta-feira com uma reunião de trabalho no Palácio do Planalto. Na pauta, projetos comuns de energia e infra-estrutura. A reunião deverá se concentrar em quatro parcerias de investimentos entre a brasileira Petrobras e a venezuelana PDVSA. Os projetos são o Gasoduto do Sul (um projeto idealizado por Chávez ligando a Venezuela à Argentina); a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco; a exploração de gás no campo marítimo de Mariscal Sucre; e a de petróleo pesado em Carabobo, ambos na Venezuela. O venezuelano comemorou no último domingo a vitória nas urnas. De acordo com a Agência Bolivariana de Notícias, a primeira informação do Conselho Nacional Eleitoral mostrava que, com 78,31% das urnas apuradas, Chávez era o vencedor, com 61,35%. O candidato de oposição, Manuel Rosales, tinha então 38,39% dos votos apurados. Com a vitória, tem mandato para ficar no poder até 2011, embora tenha afirmado na campanha que, eleito, proporá mudanças na Constituição para permitir reeleições por tempo indeterminado. A atual Constituição venezuelana, aprovada durante o mandato de Chávez, só permite uma reeleição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.