Chávez agradece a Lula e deputados a votação

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, fez um agradecimento público ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a deputados brasileiros, diante da decisão tomada na quarta-feira pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara de aprovar o ingresso de seu país no Mercosul. Chávez, que participou na noite de quinta-feira de um ato com trabalhadores em Caracas, estendeu o gesto ao ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e ao secretário-executivo do Itamaraty, embaixador Samuel Pinheiro Guimarães. Ainda assim, Lula foi colocado pelo colega na origem das articulações em favor da aprovação. ?Vamos agradecer aos senhores e senhoras deputados do Brasil, a Lula, ao chanceler Celso Amorim. Vou a agradecer pessoalmente a meu amigo vice-chanceler Samuel Pinheiro Guimarães, muito amigo, um intelectual brasileiro de quem gosto e que respeito muito, há muito tempo?, afirmou Chávez, de acordo com informações da agência de notícias EFE.O agradecimento foi feito por Chávez diante de uma platéia de sindicalistas e trabalhadores alinhados com o governo, que se reuniram em uma manifestação de apoio à reforma constitucional que será submetida a um plebiscito no dia 2 de dezembro. Pinheiro, em especial, foi tratado por Chávez como peça-chave das articulações para o ingresso de seu país no bloco. Mas o embaixador, segundo ele, liderou as negociações no Congresso a mando do presidente Lula. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.