Chalita vai à missa e faz caminhada na periferia de SP

O pré-candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo, Gabriel Chalita, decidiu priorizar os bairros da periferia neste início da campanha eleitoral e disse que a capital paulista tem "cidades invisíveis", sem atenção do poder público.

BRUNO BOGHOSSIAN, Agência Estado

07 de julho de 2012 | 20h38

"Precisamos conscientizar a população que essa metrópole rica tem uma população muito carente, que sofre muito", afirmou o candidato em caminhada no Grajaú, na zona sul, neste sábado.

Em investida eleitoral nas áreas mais afastadas do centro, Chalita tenta conquistar votos em redutos tradicionalmente petistas e ligados a vereadores de outros partidos. O candidato também participou de missa em uma igreja católica, autografou livros e posou para fotos ao lado de fiéis e moradores do bairro.

Tudo o que sabemos sobre:
SPeleiçõesChalita

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.