Chalita diz que Marianne Pinotti é 'vice dos sonhos'

Médica foi apresentada oficialmente pelo pré-candidato do PMDB e na estreia já fez críticas a programas de saúde de Serra e Kassab

Felipe Frazão, de O Estado de S.Paulo - atualizado às 12h30

29 de junho de 2012 | 09h24

O deputado federal Gabriel Chalita apresentou na manhã desta sexta-feira, 29, a médica Marianne Pinotti como sua vice na chapa para a disputa da Prefeitura de São Paulo. Ele disse que Marianne era sua vice dos sonhos e que já havia a escolhido há alguns dias, mas precisava do aval dos líderes peemedebistas - confirmando informação revelada pelo Estado na terça-feira, 26. Marianne centrou críticas ao programa Mãe Paulistana de assistência neonatal da Prefeitura.

 

"Programa de governo que da roupinha pro neném quando nasce não é programa eficiente de saúde", disse Marianne sobre o Mãe Paulistana, implantado na gestão Serra/Kassab na capital paulista. O programa também oferece exames na fase pré-natal.

 

Ao falar da vice, Chalita ressaltou o currículo dela e disse que Marianne coordenara também o programa de governo na área da Saúde. Ele defende o modelo de atendimento do governo federal, as UPAS 24 horas - como as do Rio. "Aqui somos todos ficha-limpa", disse sobre Marianne e os coligados PTC, PSC e PSL.

 

Além de Chalita, o pré-candidato do PRB, Celso Russomanno, carimbou nesta quinta o nome de Luis Flavio D'Urso do PTB como seu vice. A candidatura de Russomanno, vice líder em pesquisas de intenção de voto com 24% (só perde para Jose Serra do PSDB que tem 31%), ganhou cerca de 60% a mais em tempo de TV no horário eleitoral gratuito. Chalita preferiu não comentar se pode haver disputa por um eleitorado comum com o fortalecimento da exposição de Russomanno. "Todos são adversários. A eleição e aberta. Quem se colocar nessa arrogância de que já esta no segundo turno pode cair", disse o peemedebista.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.