Chalita ainda crê em possibilidade de mudança

Quarto lugar nas pesquisas de intenção de voto, o candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo, Gabriel Chalita, disse ao final do debate Estadão/TV Cultura/YouTube que confia numa mudança no cenário até o primeiro turno da eleição municipal. "Não acredito em eleição definida antes do dia da eleição", afirmou. "Se tivesse essa história de primeiro lugar ter vencido eleição, não precisaria nem debate nem eleição", emendou.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

18 de setembro de 2012 | 01h09

O candidato elogiou o formato do debate, com perguntas de internautas e a participação de jornalistas fora de São Paulo. Para ele, o debate "foi até light". O peemedebista criticou apenas a primeira pergunta, onde foi questionado a todos os candidatos sobre a liderança do candidato do PRB, Celso Russomanno, nas pesquisas de intenção de votos. "Achei essa primeira pergunta descabida porque pesquisa é pesquisa, os quadros mudam. Essa pergunta foi desnecessária."

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2012SPdebate

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.