CGU: 20% dos servidores não declaram parentes

Cerca de 20% dos ocupantes de cargos em comissão ou funções de confiança na administração federal deixaram de responder aos formulários apresentados pela Controladoria Geral da União (CGU) informando se têm parentesco ou não, até o terceiro grau, com pessoas que também ocupem cargos em comissão no Executivo Federal. O prazo para remessa dessas respostas terminou ontem. Ao todo, 16.576 ocupantes de cargos em comissão ou funções de confiança na administração federal responderam ao questionário da CGU. Outros 4.332 servidores não prestaram informações.

MARCELO DE MORAES, Agencia Estado

22 de setembro de 2009 | 19h37

O levantamento feito pela CGU tem como objetivo identificar casos de nepotismo dentro do governo federal e disciplinar o assunto. A partir das informações recebidas, a CGU começará a fazer tabulações para mapear os possíveis casos de nepotismo dentro do governo. Ainda não existe prazo para esse trabalho de cruzamento ficar pronto.

Agora, os funcionários que não responderam serão notificados pela CGU para apresentarem suas explicações por não terem cumprido a determinação e terão que enviar as informações solicitadas. Se continuarem sem apresentar os dados pedidos e dependendo da justificativa apresentada, poderá ser instaurado processo administrativo disciplinar.

Tudo o que sabemos sobre:
nepotismoCGU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.