?CEUs da Saúde? são fantasia do marqueteiro de Marta, diz Serra

O candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, classificou hoje de "o Fura-Fila do PT" os "CEUs da Saúde" anunciados pela adversária petista, Marta Suplicy. De acordo com ele, os "CEUs da Saúde" têm o mesmo papel eleitoral que teve o Fura-Fila para o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta. "Isto é uma fantasia e uma realização de Duda Mendonça (marqueteiro da campanha petista) para efeitos puramente eleitorais. Não é falar sério", argumentou.O candidato tucano afirmouque a decisão da Prefeitura de anular o resultado da licitação do lixo é, sem dúvida, uma admissão de culpa. "É uma admissão de que havia problema e eles diziam que não", complementou.Segundo Serra, muita gente estava reclamando do contrato de R$ 10 bilhões, com validade de 20 anos. "Havia acusação de irregularidades e fazer um contrato deste porte, no apagar das luzes de uma gestão, não me parece correto", disse. Ele defendeu que, esses contratos sejam feitos pelo próximo prefeito.O candidato tucano classificou de "o Fura-Fila do PT" os "CEUs da Saúde" anunciados pela adversária petista, Marta Suplicy. De acordo com ele, os "CEUs da Saúde" têm o mesmo papel eleitoral que teve o Fura-Fila para o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta. "Isto é uma fantasia e uma realização de Duda Mendonça (marqueteiro da campanha petista) para efeitos puramente eleitorais. Não é falar sério."Serra caminhou na tarde de hoje pelas ruas dos bairros de Vila Matilde e da Penha, na zona Leste da Capital. Ao caminhar pelo bairro da Penha, ele recebeu muitas reclamações de moradores a respeito do setor de Saúde na cidade. "Sei do caso de uma mulher que ficou seis meses para fazer uma mamografia e teve que pagar com recursos do próprio bolso. Isso não pode acontecer, não tem desculpa", disse. E criticou: "Eles passaram (administração Marta Suplicy) quatro anos sem fazer nada e agora vêm com a história do Fura-fila da Saúde."O candidato disse, ainda, que pretende fazer uma revolução na Capital, não apenas no setor da Saúde, mas também na área da Educação. Ao criticar Marta, Serra afirmou que a Prefeitura do PT sempre hostilizou o governo do Estado. "A única coisa que a Prefeitura sabe fazer é acusar o governo e dar exemplos de não-cooperação", acusou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.