?CEUs da Saúde? são fantasia do marqueteiro de Marta, diz Serra

O candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, classificou hoje de "o Fura-Fila do PT" os "CEUs da Saúde" anunciados pela adversária petista, Marta Suplicy. De acordo com ele, os "CEUs da Saúde" têm o mesmo papel eleitoral que teve o Fura-Fila para o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta. "Isto é uma fantasia e uma realização de Duda Mendonça (marqueteiro da campanha petista) para efeitos puramente eleitorais. Não é falar sério", argumentou. O candidato tucano afirmouque a decisão da Prefeitura de anular o resultado da licitação do lixo é, sem dúvida, uma admissão de culpa. "É uma admissão de que havia problema e eles diziam que não", complementou. Segundo Serra, muita gente estava reclamando do contrato de R$ 10 bilhões, com validade de 20 anos. "Havia acusação de irregularidades e fazer um contrato deste porte, no apagar das luzes de uma gestão, não me parece correto", disse. Ele defendeu que, esses contratos sejam feitos pelo próximo prefeito. O candidato tucano classificou de "o Fura-Fila do PT" os "CEUs da Saúde" anunciados pela adversária petista, Marta Suplicy. De acordo com ele, os "CEUs da Saúde" têm o mesmo papel eleitoral que teve o Fura-Fila para o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta. "Isto é uma fantasia e uma realização de Duda Mendonça (marqueteiro da campanha petista) para efeitos puramente eleitorais. Não é falar sério." Serra caminhou na tarde de hoje pelas ruas dos bairros de Vila Matilde e da Penha, na zona Leste da Capital. Ao caminhar pelo bairro da Penha, ele recebeu muitas reclamações de moradores a respeito do setor de Saúde na cidade. "Sei do caso de uma mulher que ficou seis meses para fazer uma mamografia e teve que pagar com recursos do próprio bolso. Isso não pode acontecer, não tem desculpa", disse. E criticou: "Eles passaram (administração Marta Suplicy) quatro anos sem fazer nada e agora vêm com a história do Fura-fila da Saúde." O candidato disse, ainda, que pretende fazer uma revolução na Capital, não apenas no setor da Saúde, mas também na área da Educação. Ao criticar Marta, Serra afirmou que a Prefeitura do PT sempre hostilizou o governo do Estado. "A única coisa que a Prefeitura sabe fazer é acusar o governo e dar exemplos de não-cooperação", acusou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.