Cestas básicas ficam armazenadas à espera de cadastramento

Há mais de uma semana 3.352 cestas básicas enviadas pelo governo federal para atender vítimas da seca no município de Santa Quitéria, a 252 quilômetros de Fortaleza, estão no galpão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em Sobral, a 230 quilômetros de Fortaleza. Como a prefeitura não fez o cadastramento das famílias a serem beneficiadas, não podem ser distribuídas. Santa Quitéria é o primeiro município cearense a receber as cestas. A prefeitura começou o cadastramento agora, pois não sabia da chegada das cestas e nem que estava no programa federal. O cadastramento deve ser concluído na terça-feira, quando a prefeitura mandará um caminhão buscar as cestas de alimentos em Sobral e começará a distribuição.Oitenta dias depois das enchentes em Fortaleza, que levaram o prefeito Juraci Magalhães (PMDB) a decretar estado de calamidade pública, chega o dinheiro do governo federal. São R$ 10 milhões e foram autorizados pelo presidente Fernando Henrique Cardoso em medida provisória publicada hoje no Diário Oficial da União. Na mesma MP, FHC abre crédito extraordinário de R$ 373 milhões para ações no semi-árido nordestino. As ações emergenciais de defesa civil no Nordeste deverão beneficiar 1.147 municípios com a concessão de bolsa-renda. Além disso, o governo federal vai entregar à população nordestina três projetos desenvolvidos dentro do Programa Pró-Água Infra-Estrutura do Plano Avança Brasil nos estados do Ceará, Piauí e Maranhão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.