César Maia é expulso do PTB

O prefeito do Rio, César Maia, foi expulso nesta segunda-feira do PTB por decisão da executiva do diretório regional do partido. Na semana passada, a Executiva Nacional do PTB já havia instaurado procedimento administrativo para desfiliar o prefeito do Rio sob a acusação de infidelidade partidária.Maia, que vinha negociando seu retorno ao PFL, participa de um encontro de prefeitos em Nova York, de onde mandou uma carta ao presidente regional do PTB, deputado federal Roberto Jefferson (RJ), pedindo para deixar o partido."O César tem o coração no PFL, que leve o corpo para lá. Não queremos mais conviver com ele no partido", afirmou Jefferson. "Ele tem objetivos pessoais e usa as pessoas como prestobarba."Segundo Jefferson, a demissão de Sérgio Arouca (PPS) da secretaria da Saúde, na semana passada, foi um "gesto político" do prefeito, que demonstrou estar de afastando de Ciro Gomes e alinhando-se ao governo federal.Antes da reunião com a executiva, Jefferson teve nesta segunda-feira pela manhã encontros com Conde e o governador Anthony Garotinho (PSB). "O Conde vem para o PTB e vai ser candidato ao que quiser, seja Senado ou ao governo do Estado."Segundo o presidente regional do PTB, a expulsão foi decidida às 10h, e a carta de Maia com o pedido de desligamento chegou às 15h50 no diretório.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.