César Maia diz que seu coração "vai bater Benedita"

Ao receber a visita da governadora em exercício do Rio, Benedita da Silva (PT), no camarote da prefeitura, no sambódromo, o prefeito César Maia (PFL) disse que trabalhará pela candidatura do seu partido à presidência da República e ao governo do Rio, mas que seu coração "vai bater Benedita". A petista é candidata à sucessão do governador Anthony Garotinho (PSB), adversário tanto de Maia quanto de Benedita. "Se a governadora ganhar, não me sentirei derrotado", afirmou o prefeito, que, ao lado da mulher, Mariangeles, recebeu a governadora e seu marido, o ator Antônio Pitanga.César Maia aproveitou para fazer críticas a Garotinho. "A governadora Benedita é diferente, representa uma corrente política orgânica e não o populismo de ocasião", disse Maia. Em seguida, comparou o governador, que está na Europa, ao presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que enfrenta a mais grave crise de seu governo marcado pelo populismo de esquerda, com forte e crescente oposição. "Veja o Hugo Chávez, na Venezuela. Parecia o dono do mundo e desapareceu. É o que eu acho que vai acontecer com ele (Garotinho)", afirmou o prefeito do Rio, no intervalo entre a segunda e a terceira escola.Maia surpreendeu a própria Benedita, que saiu sorridente, de volta ao camarote do governo do Estado, onde é anfitriã dos convidados de Garotinho, que viajou para Paris. Evangélica da igreja Presbiteriana Betância, Benedita não festejava um carnaval há 33 anos. Com as declarações em favor de Benedita, César Maia, um dos estrategistas da campanha presidencial da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PFL), está, na verdade, retribuindo o apoio da petista no segundo turno das eleições municipais, quando Maia disputou com o ex-aliado Luiz Paulo Conde, ex-pefelista e agora filiado ao PSB e aliado de Garotinho. Benedita e os petistas ligados à corrente Articulação não fizeram campanha para César Maia, mas fizeram declarações favoráveis ao atual prefeito. "Me elegi prefeito do Rio e não tenho dúvidas de que o apoio da governadora foi muito importante", afirmou o prefeito pefelista. No Estado do Rio, Maia trabalha pela candidatura do deputado federal e secretário municipal de Meio Ambiente, Eduardo Paes.Como todo ano, César Maia passou a noite no sambódromo aplaudindo todas as escolas de samba, de pé, na pista da Passarela do Samba e subindo ao camarote apenas nos intervalos. O prefeito cumprimenta os integrantes das escolas, beija bandeira, vibra a cada ala que passa. Ele não acredita, porém, em um possível benefício eleitoral desta atitude. "O povo não é bobo, não se deixa enganar politicamente. Noventa e nove por cento confraternizam, mas o prefeito só tem um terço dos votos. Dois terços votam em mim, vão votar na Benedita", disse o prefeito, ao lado da governadora em exercício. Maia disse que segue um "estilo europeu", em que o prefeito assume a característica da cidade que administra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.