Cesar Maia diz que Alckmin o estimula a ser candidato

O prefeito do Rio, Cesar Maia (PFL), disse hoje que uma eventual candidatura do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), à Presidência da República o estimularia a também concorrer ao cargo. Diante da anunciada decisão de Alckmin de deixar o governo antes do fim do prazo de desincompatibilização, Cesar Maia voltou a sinalizar que somente abençoa uma aliança do seu PFL com o PSDB se o candidato tucano for o prefeito de São Paulo, José Serra. Caso Alckmin seja escolhido, o prefeito do Rio ameaça não se engajar da mesma forma e ressuscitar sua pré-candidatura à Presidência. "Quem decide é a executiva do PFL, mas no caso eu seria estimulado a concorrer", avisa Maia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.