Cesar Maia critica quebra de sigilo fiscal

No comentário diário que divulga na internet, o candidato ao Senado e ex-prefeito do Rio Cesar Maia (DEM) abordou a quebra do sigilo fiscal de milhares de contribuintes, entre os quais pessoas ligadas ao tucano José Serra. Maia aproveitou o Dia da Independência para alertar que "as liberdades constitucionais, democráticas, individuais estão seriamente comprometidas".

LUCIANA NUNES LEAL, Agência Estado

07 de setembro de 2010 | 13h04

Ao citar o envolvimento de pessoas filiadas ao PT no episódio, Maia afirmou: "Objetivo político, provavelmente sim. Mas é muito mais grave que isso. A questão é informar a cada cidadão e às empresas que nenhuma delas está blindada contra a intervenção do Estado."

O ex-prefeito acrescentou que "foram militantes, dirigentes do PT que fizeram isso. Eles foram espertos. Não fizeram em São Paulo, não fizeram no Rio. Fizeram em cidades mais do interior."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.