Cerca de 160 municípios ficarão sem merenda escolar

Cerca de 160 municípios deixarão de receber, a partir deste mês, os recursos para a merenda escolar enviados pelo governo federal. Segundo informações da Agência Brasil, a suspensão ocorre depois que as Prefeituras deixam de prestar contas por três meses ao Ministério da Educação sobre a aplicação dos recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).Outros 395 municípios também poderão deixar de receber os recursos pois estão com as prestações atrasadas. O MEC repassa diretamente a estados e municípios R$ 0,22 por dia para cada aluno de creches públicas e filantrópicas, para estudantes do ensino fundamental e da pré-escola. Repassa também R$ 0,44 para cada aluno das escolas indígenas e de comunidades quilombolas. O dinheiro se destina à compra de alimentos que compõem a merenda escolar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.