Cerca de 100 servidores vaiam Lula em Pelotas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi vaiado, na tarde desta terça-feira, por cerca de cem servidores públicos, ao subir ao palco da 11.ª Fenadoce, que ele está visitando juntamente com cinco ministros de Estado e onde está neste momento discursando. As vaias, no entanto, significaram a parte menor da platéia, cuja maioria (cerca de quatro quintos) o aplaudiu. A exemplo de outras ocasiões, Lula preferiu deixar de lado o discurso escrito e falar de improviso. Acompanham o governador do Rio Grande do Sul, Germando Rigotto, e os ministros da Cultura, Gilberto Gil; de Cidades, Olívio Dutra; dos Direitos da Mulher, Emília Fernandes; da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Social, Tarso Genro, e da Agricultura, Roberto Rodrigues. Do lado de fora do pavilhão da Fenadoce, há um grupo de militantes do PSTU protestando contra a reforma da Previdência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.