Censura prévia movimenta usuários do Twitter

A reportagem publicada na sexta-feira passada sobre a censura da Justiça ao "Estado" - impedido de divulgar informações sobre o inquérito da PF que envolve o empresário Fernando Sarney - ficou entre os temas de mensagens mais trocadas entre usuários do Twitter, rede de microblogs bastante usada entre internautas. No sábado, ela foi a mais repassada. No acumulado da semana, ficou em terceiro lugar. Segundo o portal Migre.me, que faz levantamento dos links mais clicados na rede, 217 replicaram o texto a outros usuários do Twitter. O movimento gerou mais de 2 mil acessos à reportagem sobre a censura no Portal Estadão. Entre sexta-feira e o início da tarde de ontem, foram 5.639 visitas ao site do "Estado" via links no Twitter. A publicação sobre a censura também foi reproduzida em diversos blogs na internet.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.