Censo registra mais crianças nas creches e pré-escolas

Tem mais brasileiros nas creches e pré-escolas. O Censo Escolar 2001, divulgado pelo Ministério da Educação, apontou crescimento no número de matrículas no ensino infantil, com mais 570 mil crianças. Em relação ao ano passado, as creches, que atendem crianças de até três anos, registraram aumento de 19% no País; em São Paulo o índice foi de 6,7%. As pré-escolas, destinadas à faixa etária de quatro a seis anos, matricularam mais 8,9%. Na rede paulista a taxa chegou a 6,8%.O ensino infantil atende cerca de 5,9 milhões de crianças, sendo um milhão nas creches. Do total mais de 3,9 milhões estão nas creches e pré-escolas mantidas pelas prefeituras. Já a rede privada é responsável por 1,6 milhão de crianças. Pouco mais de 2.500 estão nas instituições dos Estados e do governo federal.Na avaliação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), a expansão do ensino infantil é resultado do crescimento demográfico e de maior volume de investimentos por parte dos municípios. As regiões Norte (17,2%) e Nordeste (11,4%) registraram maior taxa de aumento de matrículas. Pernambuco (26%), Pará (25,4%) e Amapá (20,8%) lideraram a expansão das pré-escolas. Em números absolutos, São Paulo ficou em primeiro lugar, com mais 76 mil matrículas.O Censo Escolar também revelou queda no número de matrículas no ensino fundamental. Na comparação ao ano passado, o ensino de primeira a oitava série registrou diminuição de 1,4% na entrada de novos alunos. O percentual foi de 2,1% nas escolas de São Paulo. A presidente do INEP, Maria Helena Guimarães de Castro, afirma que a queda deve-se à questão demográfica, com número inferior de nascimentos nos anos 90, e menor número de crianças repetindo as séries. Estudo feito pelo órgão, em 1998, já estimava a redução das matrículas. Até 2010 o gráfico prevê mais quedas.Mesmo sem atualização de dados registrados em 1999 pelo IBGE, o Ministério estima que 800 mil crianças de 7 a 14 anos estão fora das salas de aula, o que representa 3% das matrículas no ensino fundamental. 54,4 milhões de crianças freqüentam da pré-escola ao último ano do segundo grau. Destas, 87,6% estão nas instituições públicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.