Cenário: Disputa por espaço na rua pode arrefecer

O Planalto deverá ter cada vez menos apoio para se contrapor às manifestações pelo impeachment. “O governo está perdendo sua base social. Esses setores não sairão mais às ruas para defender o governo”, afirma o cientista político Aldo Fornazieri, diretor da Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

Pedro Venceslau, O Estado de S. Paulo

13 de setembro de 2015 | 03h00

Para o sociólogo Rudá Ricci, autor do livro “Lulismo – da era dos movimentos sociais à ascensão da nova classe média”, o atual governo já começou sem base social de apoio. “Antes das manifestações de março, já havia sindicalistas falando em sair do PT que se reuniam com o ex-presidente Lula. Foi ele que deu a senha para a reação dos sindicalistas, mas depois recuou”, diz.

Tudo o que sabemos sobre:
governo Dilmacrise política

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.