Celso Pitta chega à Polícia Federal para prestar depoimento

O ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta, chegou à Superintendência da Polícia Federal, em Brasília, acompanhado por dois seguranças do Senado. Ele foi preso por determinação do presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Banestado, Antero Paes de Barros, que se sentiu desacatado durante o depoimento de Pitta à Comissão, onde se recusou sucessivas vezes a responder às perguntas. Pitta aguarda na portaria da superintendência, a chegada de um delegado para prestar depoimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.