Celso de Mello recebe alta, informa STF

Ministro dará voto de desempate sobre a cassação de deputados condenados pelo mensalão

EQUIPE AE, Agência Estado

14 de dezembro de 2012 | 19h50

O Supremo Tribunal Federal informou nesta sexta-feira, 14 que o ministro Celso de Mello teve alta no fim da tarde do Hospital do Coração, em Brasília. Ele estava internado para tratar de uma infecção das vias aéreas superiores. Segundo nota emitida pelo tribunal, foi descartada a hipótese de pneumonia, mas mesmo assim o ministro seguirá a recomendação médica de ficar em repouso em sua residência.

Uma nova avaliação deverá ser feita na segunda-feira para verificar se ele estará em condições de participar da sessão. Como o "calendário" do mensalão depende agora do decano, ministros preferiram reserva ao fazer comentários sobre a retomada do julgamento por envolver considerações sobre a saúde do colega.

Caso os médicos considerem que Celso de Mello já tenha condições para voltar ao trabalho, o ministro comparecerá ao plenário do STF na segunda-feira, 17, quando dará o voto de desempate sobre a cassação imediata de deputados condenados no processo do mensalão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.