Celso Amorim se aposenta da carreira diplomática

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, está se aposentando do cargo de ministro de primeira classe da carreira diplomática. O decreto autorizando a aposentadoria foi publicado nesta sexta-feira, no Diário Oficial da União. A decisão de se aposentar da carreira diplomática já tinha sido anunciada pelo ministro no último semestre do ano passado, quando ele admitiu ter se arrependido de não ter feito isso antes, no final de 2002, quando foi convidado para ocupar o ministério, no governo Lula. A aposentadoria em nada altera a condição de Amorim no Ministério das Relações Exteriores. Ele passa a ter, porém, maior autonomia em relação a própria carreira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.