Dida Sampaio/AE
Dida Sampaio/AE

Celso Amorim é o novo ministro da Defesa

Diplomata substituirá Jobim, demitido nesta quinta-feira após criticar ministras de Dilma

Sandra Manfrini, de O Estado de S.Paulo

04 de agosto de 2011 | 20h24

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, entregou há pouco uma carta de demissão à presidente Dilma Rousseff, em reunião no Palácio do Planalto. Segundo informou o Palácio do Planalto, o encontro entre Jobim e Dilma foi rápido e durou apenas cinco minutos.

 

Com a saída de Jobim, o ex-chanceler Celso Amorim assumirá a pasta da Defesa, segundo informou o Palácio do Planalto. Amorim já foi convidado para o cargo.

 

Jobim antecipou seu retorno a Brasília, previsto inicialmente para às 22h, para essa reunião com Dilma, após as repercussões negativas das declarações feitas à revista Piauí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.