Célio de Castro deve ficar 3 meses no hospital

As expectativas sobre a recuperação do prefeito de Belo Horizonte, Célio de Castro, 69 anos, que no dia 8 submeteu-se uma cirurgia no cérebro após sofrer um derrame, permaneciam otimistas, nesta terça-feira, segundo médicos do hospital Mater Dei, na capital, onde ele está internado.Nesta segunda-feira, o prefeito deixou o CTI e foi transferido para uma Unidade de Cuidados Intermediários.Célio, que ficou em coma induzido por seis dias, está consciente, não corre mais risco de morte e respira sem aparelhos, apesar de ajudado por uma traqueostomia.Nos próximos dias, de acordo com o neurologista Luís Cláudio Romanelli, a equipe que acompanha o prefeito espera poder avaliar eventuais seqüelas neurológicas e físicas que o derrame tenha provocado.No momento, Célio faz fisioterapia para tentar recuperar os movimentos do lado direito do corpo e aparenta problemas de linguagem, que ainda não podem ser tidos como definitivos.Não há previsão de alta, mas os médicos estimam que o prefeito deva ficar pelo menos três meses no hospital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.