CEB: curto-circuito gera fumaça na sede das Comunicações

A Companhia Energética de Brasília (CEB) divulgou nota, na noite desta quinta-feira, 24, informando que um curto-circuito danificou cabos de baixa tensão da estação transformadora da CEB no prédio do Ministério das Comunicações. O prédio, que abriga também o Ministério dos Transportes, foi evacuado esta tarde, depois de haver uma explosão e fumaça tomar conta do local.

AYR ALISKI E EDUARDO RODRIGUES, Agência Estado

24 de outubro de 2013 | 20h06

Segundo a CEB, o fornecimento de energia para o prédio foi interrompido e técnicos da companhia estão no local para fazer a reposição dos cabos. A nota destacou que a estação transformadora está recebendo reformas civis e de pintura, com trabalhos executados nesta manhã. No momento do incidente não havia funcionários da CEB na estação. O comunicado esclareceu ainda que a função dos cabos danificados é distribuir energia da estação para o prédio.

"Apesar da fumaça gerada pelo problema, não houve risco de incêndio nem vítimas", disse CEB. Mais cedo, o chefe do Centro de Comunicação Social do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, tenente-coronel Mauro Sérgio Oliveira, informou que 30 pessoas inalaram fumaça e precisaram receber atendimento médico.

Em fevereiro deste ano, havia ocorrido problema semelhante no mesmo prédio. O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal confirmou, na época, que houve uma pequena explosão na subestação da CEB localizada no subsolo do prédio que abriga os dois ministérios.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.