Ceará lidera ranking de mortes por dengue hemorrágica

O Ceará lidera o ranking nacional de mortes por dengue hemorrágica este ano. Das 35 mortes verificadas, 17 aconteceram no Estado, sendo nove em Fortaleza. Os outros óbitos aconteceram em seis municípios do Interior. Em relação à dengue clássica (tipo 1), o Ceará é o quarto com maior número de casos com 20.024 registros. A Bahia é o Estado em que há mais casos, com 35.356. Em segundo lugar está o Espírito do Santo, com 30.260, e Pernambuco, na seqüência, com 22.694. São Paulo, segundo boletim de 26 de julho da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), é o quinto Estado brasileiro com mais casos da doença (19.591). Sobre a dengue tipo 3, o número de casos no Ceará é de 144 em 22 municípios. A dengue está presente em 165 dos 184 municípios cearenses. O índice de infestação predial do Aedes aegypti no período de março a maio no Ceará demonstra que 30 dos 184 municípios não registraram a presença do mosquito. Já 46 tinham infestação de 0,1 a 1%; 49 de 1,01 a 3% e 57 acima de 3%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.