CCJ rejeita destaque do PFL e mantém taxação de inativos

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) manteve a taxação dos inativos no texto da reforma da Previdência, ao rejeitar um Destaque de Votação em Separado da bancada do PFL que pretende retirar a taxação das aposentadorias dos servidores públicos. Por uma manobra do regimento, por meio de um pedido de votação nominal do deputado Paulo Magalhães (PFL-BA), a votação mais importante de hoje, que foi sobre a taxação dos inativos, acabou acontecendo de forma simbólica. Os partidos que se manifestaram contra foram o PFL, PDT e o Prona. O PSDB e o PMDB liberaram suas bancadas, sendo que, no PMDB, cinco votaram contra a taxação e três a favor.Leia mais sobre as votações desta quinta na CCJ:» CCJ aprova parecer da reforma da Previdência por 43 a 13 » CCJ rejeita 26 destaques individuais sobre a reforma

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.