CCJ rejeita destaque da bancada do PFL

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara rejeitou, em votação simbólica, o destaque de votação em separado (DVS) da bancada do PFL, que pretendia rejeitar a emenda número um, apresentada pelo relator ao texto da proposta do governo para a reforma da Previdência. O relator Maurício Rands (PT-PE) alterou o artigo 40 da Constituição, que estabelecia que o sistema de previdência do setor público é "solidário". O PFL pretendia retirar esta alteração.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.