CCJ na Câmara aprova fotografia e impressão digital no título de eleitor

Título também deverá conter data de nascimento, filiação, o número do CPF e o número da carteira

Rosana de Cássia, da Agência Estado

06 Maio 2010 | 15h08

BRASÍLIA - A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara aprovou nesta quinta-feira, 6, proposta que determina a inclusão de foto e impressão digital nos títulos eleitorais e o recadastramento de todo o eleitorado brasileiro no prazo de dois anos após a vigência da lei, para a troca dos títulos pelo novo modelo. O projeto precisa ser apreciado ainda pelo Plenário e pelo Senado.

 

 

Pela proposta, o título de eleitor também deverá conter, os seguintes dados de identificação do eleitor: data de nascimento,filiação, o número do CPF e o número da carteira de identidade expedida pela Secretaria de Segurança Pública, além de impressão digital. Para o autor da proposta, deputado Chico Lopes (PCdoB-CE), a colocação da fotografia do eleitor contribuirá para diminuir o número de fraudes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.