CCJ do Senado termina sem votar convocação de Dilma

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Marco Maciel (DEM-PE), encerrou a sessão de hoje sem a votação do requerimento de convocação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, para prestar esclarecimentos sobre o suposto dossiê com gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O requerimento, de autoria do senador Arthur Virgílio (PSDB-AM), era o 16º item da pauta. Uma nova reunião da comissão está prevista para a próxima quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.