CCJ debate amanhã alteração do art. 222

Representantes dos meios de comunicação vão debater, a Manhã desta quarta-feira, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ), a proposta de emenda constitucional que permite a entrada de capital estrangeiro nas empresas de comunicação. Já aprovada na Câmara, a matéria será relatada pelo senador Romeu Tuma (PFL-SP).Pela proposta, as empresas jornalísticas e de radiodifusão, hoje de propriedade exclusiva de brasileiros, poderão se transformar em pessoas jurídicas, com possibilidade de captar recursos nas bolsas de valores. A participação de investidores estrangeiros será de, no máximo, 30% do capital da empresa.Confirmaram presença os presidentes da Associação Nacional dos Jornais (ANJ), Francisco Mesquita Neto, da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Paulo Machado de Carvalho Neto, da Associação Brasileira de Rdiodifusão e Telecomunicações (Abratel),Roberto Wagner Monteiro, o vice-presidente Executivo dos Editores de Revistas, Murilo Aragão, e representantes da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Daniel Herz, e do Sindicato dos Artistas do Rio de Janeiro, Betti Pinho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.