CCJ aprova indicação de Ellen Gracie para presidir CNJ

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou na manhã desta terça-feira, por unanimidade, a indicação da ministra do Supremo Tribunal Federal, Ellen Gracie, para presidir o Conselho Nacional de Justiça. A indicação de Gracie ainda será levada para votação no plenário da Casa.A ministra deve assumir o cargo na qualidade de presidente do STF e substituir o ministro Nelson Jobim, que deixa o cargo no próximo dia 30. Segundo informou a Agência Senado, ela deve tomar posse do cargo ainda no fim do mês.Na quarta-feira da semana passada, a ministra foi escolhida para presidir o Supremo Tribunal de Justiça (STF), em uma eleição meramente protocolar e com resultado previsível - já que o eleito é sempre o ministro mais antigo do STF que ainda não exerceu a presidência do tribunal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.