CCJ aprova Gilmar Mendes para o STF

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou hoje à tarde, por 16 votos contra seis, o nome do Advogado Geral da União, Gilmar Mendes, para ocupar uma vaga de ministro de Supremo Tribunal Federal.O relator da indicação, senador Lúcio Alcântara (PSDB-CE), considerou a sessão histórica, devido aos debates que demoraram quase cinco horas. "Poucos se submeteram ao crivo de um exame tão detalhado e tão demorado", disse Alcântara, citando, inclusive, diversos documentos a favor e contra Mendes, que foram enviados ao Senado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.