CCJ aprova fim de coligações para eleições proporcionais

Autor da proposta alega que projeto vai impedir que a Câmara continue sendo reduto de partidos de aluguel

ROSA COSTA, Agencia Estado

15 de agosto de 2007 | 13h49

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou no início da tarde de hoje proposta de emenda constitucional, do senador Jarbas Vasconcelos (PMSB-PE), que põe fim às coligações nas eleições proporcionais. Votaram contra os senadores Inácio Arruda (PCdoB-CE) e Marcelo Crivella (PR-RJ).   Jarbas alega que a sua proposta vai impedir que a Câmara continue sendo um reduto de partidos de aluguel, sem representatividade, que só conseguem se eleger graças às coligações. Ele disse que pesquisa constatou que o Brasil é o único país do mundo onde existem as coligações nas eleições para cargos legislativos.   Projeto deve seguir para votação no plenário do Senado e da Câmara.

Tudo o que sabemos sobre:
coligações partidáriasCCJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.