Cassação deve decidir-se no segundo semestre, diz Dutra

O líder do Bloco de Oposição no Senado, senador José Eduardo Dutra (PT-AL), avaliou, nesta terça-feira, que avotação de um eventual pedido de cassação dos senadores Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) e Gilberto Arruda (sempartido-DF) no plenário da Casa deve ocorrer somente no segundo semestre.Os dois senadores são acusados de participar daviolação do sigilo do painel eletrônico do Senado. Segundo José Eduardo Dutra, em um processo como esse não pode haveratropelos, como na tramitação e votação de um projeto de lei.O senador petista disse, no entanto, considerar que não haverá comoos dois senadores escaparem de enfrentar o processo de cassação, mas afirmou reconhecer que uma demora na votação dopedido de cassação poderá esfriar o ânimo da opinião pública a favor da punição ou dar oportunidade para que as atenções damídia, centradas no escândalo da fraude do painel, sejam desviadas para outro assunto."Eles (os dois senadores) estão contandocom isso, mas não há como escapar do processo", afirmou Dutra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.