Cassação de Estevão está sob suspeita

Qualquer lista sobre a votação do Senado Federal do dia 28 de junho do ano passado, que determinou a cassação do senador Luís Estevão (PMDB-DF), está sob suspeita. Os técnicos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que confirmaram a violação do Sistema de Votação Eletrônica do Senado naquele dia, disseram que já não há nenhuma possibilidade de recuperar a lista original. "Não há mais como confirmar ou negar a veracidade de qualquer lista que seja apresentada agora", afirmou o coordenador da equipe, professor Álvaro Penteado Crósta.A senadora Eloísa Helena (PT) afirma ter votado a favor da cassação de Estevão, embora o ex-presidente do Senado, Antônio Carlos Magalhães, tenha dito aos procuradores do Ministério Público Federal que ela votou contra. Em entrevista coletiva encerrada no início da tarde de hoje, os técnicos da Unicamp confirmaram a violação do sistema no dia da votação e disseram que encontraram "portas abertas" no programa de computador para que fosse realizada, inclusive, a adulteração dos votos. "Embora não tenhamos encontrado indícios de adulteração nos votos dos senadores, não podemos afirmar que ela não ocorreu, porque isso é possível", garantiu Crósta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.