Caso ligado à Operação Condor está na pauta

O Supremo Tribunal Federal (STF) vai voltar a julgar na próxima semana o pedido de extradição do militar uruguaio Manuel Juan Cordeiro Piacentini, acusado de ter participado da Operação Condor de repressão a opositores de ditaduras militares na década de 70. O processo de Piacentini é um dos mais complicados em tramitação no STF. O militar é acusado de envolvimento com o "desaparecimento forçado" do argentino Adalberto Soba Fernandes, em 1976. Levantamento recente feito pelo Supremo informou que de 2000 até 2008 deram entrada no tribunal 466 processos de extradição. A Itália é campeã, com 77 pedidos, seguida pela Alemanha, com 73 solicitações, e por Portugal, com 49. Os estrangeiros são acusados de vários crimes, dentre os quais abuso contra menores e prática de terrorismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.