Caso Battisti: comissão do Senado quer ouvir Tarso na 5ª

Para explicar a concessão de refúgio ao italiano Cesare Battisti, condenado na Itália por quatro assassinatos, a Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado aprovou hoje requerimento de convite ao ministro da Justiça, Tarso Genro. Autor do requerimento, o senador Heráclito Fortes (DEM-PI) argumentou que é preciso saber detalhes do processo. O depoimento ficou agendado para a próxima quinta-feira. Contrário à permanência do italiano no Brasil, Heráclito chegou a cogitar apresentar um requerimento de convocação de Tarso. "Como o ministro sinalizou estar disposto a vir até o Senado, decidi apresentar o pedido de convite", explicou. A aprovação do convite na CRE contou com o apoio até de senadores que já se posicionaram favoráveis ao refúgio político concedido pelo ministro ao italiano.Battisti está preso no Brasil desde 2007 e conseguiu status de refugiado político por decisão de Tarso, que contrariou parecer do Comitê Nacional para os Refugiados (Conare). A atitude do governo brasileiro desencadeou uma crise diplomática entre os dois países. O governo italiano recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão. A Corte ainda não se manifestou sobre o mérito do pedido de extradição. A expectativa é que o assunto seja apreciado no final deste mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.