Caseiro que acusa Palocci vai depor nesta 5ª feira na CPI dos Bingos

A CPI dos Bingos acaba de aprovar por sete votos a seis a convocação do caseiro Francenildo dos Santos Costa, para depor amanhã na comissão. O presidente da CPI, Efraim Moraes (PFL-PB) vai decidir junto com o relator senador Garibaldi Alves (PMDB-RN), se o depoimento será aberto ou fechado. Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, Francenildo disse que o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, esteve várias vezes na mansão alugada pelos integrantes da chamada República de Ribeirão Preto, onde, segundo ele, havia partilha de dinheiro e festas. Francelino revelou detalhes da rotina de funcionamento da casa, os cuidados tomados quando Palocci ia até lá dirigindo um Peugeot que, segundo o caseiro, pertencia a Ralph Barquete, ex-assessor de Palocci em Ribeirão já falecido. O ministro Palocci nega todas as denúncias e tem reafirmado que nunca esteve na mansão localizada no Lago Sul, área nobre de Brasília. Em entrevista à Agência Estado, Palocci atribuiu as denúncias a "interesses políticos" e disse que nunca dirigiu um automóvel em Brasília.

Agencia Estado,

15 de março de 2006 | 14h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.