Carvalho não vê desgaste do governo com mensalão

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse nesta terça-feira que quem estiver apostando no desgaste do governo por conta do julgamento do processo do mensalão, no Supremo Tribunal Federal (STF), se decepcionará. "Seguiremos trabalhando e temos convicção de que aqueles que apostam nesse processo para o desgaste deste projeto político se decepcionarão, porque o povo avalia a sua vida, sua realidade e justiça e tem sabedoria para colocar cada coisa em seu lugar", afirmou Carvalho, que participou de evento em comemoração aos seis anos da Lei Maria da Penha.

DÉBORA ÁLVARES, Agência Estado

07 de agosto de 2012 | 12h53

Carvalho voltou a afirmar que a ordem da presidente Dilma Rousseff é de que nenhum dos ministros "perca um minuto do seu trabalho", vendo ou acompanhando o processo no STF. A recomendação é que cada um se informe nas horas vagas.

O ministro comparou o momento a outro, quando estouraram as denúncias e o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva continuou trabalhando pelo País. Carvalho lembrou que os processos não prejudicaram as eleições de 2006 e de 2010, porque o governo continuou trabalhando e o povo optou pela continuidade do que estava sendo feito.

Carvalho disse que espera que o julgamento no Supremo seja a partir dos autos, com atitude "dura e justa".

Tudo o que sabemos sobre:
mensalaojulgamentoCarvalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.