Carvalho: governo trabalha para manter crescimento

O ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, afirmou nesta terça-feira, na abertura do 4º Congresso Nacional dos Aposentados, que o governo adotou medidas sucessivas para mitigar os impactos da crise mundial na economia brasileira. "Esse governo trabalha duramente, no meio dessa crise, para manter o Brasil, a duras penas, ainda em crescimento", disse.

GUSTAVO PORTO, Agência Estado

06 de agosto de 2013 | 20h21

Carvalho avaliou ainda que as manifestações iniciadas em junho foram "importantíssimas" para acelerar a reforma política e para a criação de medidas para melhorar a mobilidade urbana. "Tirando a violência, as medidas foram importantíssimas e são sinal da vitalidade democrática", afirmou o ministro, que elogiou até mesmo as críticas recebidas por sindicalistas presentes no evento. "Não tenham medo de criticar, porque essa é a democracia. Ouvi as reclamações com carinho e, por respeitar o diálogo, abrimos uma mesa de negociação permanente com vocês."

Ainda aos aposentados, o ministro disse que a categoria "não recebeu a cota merecida após contribuir com a construção da riqueza do País" e emendou com uma crítica ao mercado financeiro. "Quem trabalha para valer ganha menos e o setor financeiro especulativo é o que mais acumula", disse. No evento, Carvalho prometeu ainda reabrir o debate sobre o fator previdenciário e a criação de uma secretaria especial para os aposentados.

Tudo o que sabemos sobre:
Gilberto CarvalhoSerra Negra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.