Carvalho: governo confia na 'maturidade dos servidores'

Um dos interlocutores mais próximos da presidente Dilma Rousseff, o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse nesta sexta-feira que o governo confia "na maturidade dos servidores" públicos federais diante da reivindicação de aumento salarial. "O governo segue analisando as possibilidades, com muita preocupação em relação à economia, confiando na maturidade dos servidores, que estão vendo o que está acontecendo no mundo todo", disse Carvalho a jornalistas, antes de participar de evento, em Brasília, de inauguração de centro de atendimento à população de rua.

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

06 de julho de 2012 | 12h59

A posição da presidente Dilma Rousseff de não conceder reajustes salariais ao servidor público, por temer impacto nas contas públicas, tem provocado reação dos sindicatos. O cenário de turbulência internacional preocupa o Palácio do Planalto, que tem lançado medidas de estímulo à economia na tentativa de reverter o baixo crescimento no primeiro trimestre.

"Temos de ter um governo de muita responsabilidade, mas esse assunto continuará sendo discutido, sempre centralizado no Ministério do Planejamento. Toda negociação sobre reajuste está centralizada no Ministério do Planejamento e a ministra Miriam Belchior, com sua equipe, está dirigindo todo o processo de negociação", afirmou Carvalho.

Tudo o que sabemos sobre:
ServidoresgreveCarvalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.