Carvalho falará na Câmara sobre questão indígena

Nesta quarta-feira, 26, começa a ser realizada a audiência na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados para ouvir os esclarecimentos do ministro chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, "sobre os processos de identificação, delimitações e demarcações de terras indígenas no País".

VENILSON FERREIRA E DAIENE CARDOSO, Agência Estado

26 Junho 2013 | 10h30

O requerimento é de autoria do deputado federal Luís Carlos Heinze (PP/RS), presidente em exercício da Frente Parlamentar da Agropecuária. A suspensão da audiência, que busca solução para os conflitos entre indígenas e produtores rurais, chegou a ser discutida pela direção da Câmara dos Deputados, em função dos protestos previstos para o dia de hoje na Esplanada dos Ministérios.

Gilberto Carvalho é o segundo membro do primeiro escalão do governo federal convocado pelos deputados ruralistas para prestar esclarecimentos sobre a política indígena. Em maio a comissão ouviu por mais de quatro horas a ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, que na ocasião anunciou que as identificações e demarcações não ficariam restritas à Fundação Nacional do Índio (Funai) e levariam em conta as informações do banco de dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) sobre o histórico do uso da terra nas áreas de conflito.

As lideranças rurais preveem que pelo menos 400 produtores rurais do sete Estados atingidos pelas demarcações de terras indígenas devem acompanhar a audiência em Brasília, a maioria por meio de telão instalado no auditório Nereu Ramos, uma vez que o plenário 4, onde está sendo realizado o evento, cabe apenas 30 pessoas, além dos deputados que compõem a comissão. Produtores rurais de Mato Grosso, Paraná, Maranhão, Santa Catarina, Bahia e Minas Gerais também devem acompanhar o evento no auditório Nereu Ramos.

Mais conteúdo sobre:
índios Carvalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.