Carla Bruni faz 41 anos hoje e deve visitar Pavão-Pavãozinho

Ontem, ela visitou banco de leite no Flamengo

, O Estadao de S.Paulo

23 de dezembro de 2008 | 00h00

A primeira-dama francesa, Carla Bruni, que completa hoje 41 anos, participou ontem de seu primeiro compromisso no Rio fora da agenda oficial do presidente Nicolas Sarkozy ao visitar o banco de leite do Instituto Fernandes Figueira da Fundação Oswaldo Cruz, no Flamengo, na zona sul do Rio. Após declarar recentemente que aproveitará sua exposição na mídia para promover boas causas, ela chamou a atenção pela beleza e simpatia.   Confira galeria de fotos de Carla Bruni em visita ao RioCom um vestido azul-escuro com microbolinhas brancas e a sandália aberta e baixa com pedras azuis que deixava à mostra as unhas pintadas de vermelho, ela foi recebida pouco depois do meio-dia pela madrinha da campanha pró-aleitamento materno, a atriz Camila Pitanga, pela primeira-dama do Estado, Adriana Anselmo, e pelo presidente da Fiocruz, Paulo Buss.Oficialmente, o objetivo da visita, que durou menos de 30 minutos, era apresentar à primeira-dama francesa o funcionamento de um banco de leite para instalar uma unidade semelhante no Haiti. À noite, Carla Bruni acompanhou o marido no show que lançou o Ano da França no Brasil, que se inicia em 21 de abril e termina em 15 de novembro de 2009. Também estavam presentes os presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e da Comissão Européia, José Manuel Durão Barroso.O show teve buracos enormes entre uma apresentação e outra, o som não funcionou a contento e o filme que retratou o que aconteceu no Ano do Brasil na França, em 2005, foi tão cansativo que fez com que os presidentes se levantassem e saíssem.Bom mesmo, a ponto de levantar a platéia, foi o show do francês Charles Aznavour, de 84 anos. Gilberto Gil limitou-se a cantar duas músicas, uma delas feita na França a favor do SOS Racismo, movimento que defende imigrantes. Lenine ofereceu a Sarkozy a música Já que sou brasileiro, que compôs em homenagem a Jackson do Pandeiro, e ao presidente Lula Leão do Norte, que enaltece os nordestinos.Na saída do show, Lily de Carvalho, viúva do empresário Roberto Marinho, declarou que, depois de Jackeline Kennedy, Carla Bruni é a primeira-dama "mais glamurosa que já se viu". Ela não pôde conversar com Carla ontem, mas a espera para uma visita hoje pela manhã no projeto Criança Esperança, da TV Globo, no morro Pavão-Pavãozinho.A embaixada da França não divulgou como o casal presidencial vai comemorar o aniversário da primeira-dama hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.