Cardozo se opõe a medida 'casuística' de 3º mandato

O secretário-geral nacional do PT, deputado José Eduardo Cardozo (SP), afirmou hoje que é contrário a qualquer medida "casuística" de prorrogação do mandato presidencial. Ele fez a afirmação ao comentar a declaração do vice-presidente José Alencar a favor de um prolongamento do segundo mandato do presidente Lula. "Qualquer discussão sobre isso, neste momento, foge ao campo da oportunidade política", declarou o petista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.