Caos reina na Receita do aeroporto de Cumbica

A história se repete regularmente: chega o período de férias escolares e o setor de desembarque internacional de passageiros do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos, dependendo do horário, transforma-se no caos. Não saber para onde ir é o maior drama dos cerca de 4 mil passageiros que, todos os dias, retiram suas malas das esteiras entre 6 e 9 horas, horário de maior concentração dos vôos vindos do exterior.Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.