Candidatura de Serraglio ao TCU pode sofrer boicote

De acordo com informações da Agência Estado, membros da ala governista do PMDB pretendem boicotar a candidatura do deputado Osmar Serraglio (PR) à vaga de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU).O conflito interno teria sido motivado pelo desempenho de Serraglio como relator da CPI dos Correios. Na ocasião, o peemedebista pediu o indiciamento por corrupção de José Dirceu e Luiz Gushiken, além de ter sustentado a existência do mensalão.Serraglio, que segundo membros do partido, teria assumido uma postura hostil ao PT e a seus aliados, pediu ainda o indiciamento de outras 120 pessoas, incluindo ex-dirigentes do PT envolvidos no esquema.Até o momento, já foram indicados oito nomes para a vaga de ministro do TCU. Entre eles estão Paulo Delgado (PT), Gonzaga Motta (PSDB), Luiz Antonio Fleury Filho (PTB), Aroldo Cedraz (PFL) e Ademir Camilo (PDT). O nomeado deve ter direito a um cargo vitalício com salário de R$ 23.275.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.