Ed Ferreira/Estadão
Ed Ferreira/Estadão

Candidatura da Marina ainda não está colocada, afirma coordenador da Rede

Bazileu Margarido rebate críticas ao 'isolamento' de Marina Silva e evita falar sobre coligações para 2018

Pedro Venceslau, O Estado de S. Paulo

30 de outubro de 2017 | 05h00

O coordenador executivo da Rede, Bazileu Margarido, rebate as críticas ao “isolamento” de Marina Silva e minimiza as dificuldades financeiras da legenda. Ele evita falar sobre coligações partidárias e nega possibilidade de debandada – admite apenas que há “casos isolados” de desfiliações.

Bazileu também afirma que os salários dos funcionários do diretório nacional estão em dia. “Nossos recursos são muito limitados e se enquadram dentro das possibilidades”, disse. “Ainda não colocamos a candidatura de Marina, nem de nenhuma outra liderança. Como isso não está posto, não dá para falar em coligação.” 

 

Para o deputado federal Miro Teixeira (Rede-RJ), os defeitos apontados pelos insatisfeitos com o comportamento político de Marina são, na verdade, suas qualidades. Miro discorda da tese de que a ex-ministra esteja sumida. Segundo ele, Marina participou nas últimas semanas de eventos em cidades dos EUA, Inglaterra e Holanda, além de atividades em Sergipe e no Rio Grande do Sul. 

“Marina não tem o perfil de político convencional. Ela tem o perfil do político ideal. Ela perde o espetáculo da política que trouxe o Brasil à situação de hoje mas ganha em credibilidade. Marina não é exibida, não é uma oportunista de história”, disse.

Leia mais: Marina se isola e Rede vive nova crise interna

Tudo o que sabemos sobre:
EleiçõesPolítica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.