Candidatos ao governo de TO trocam acusações

O primeiro debate entre os candidatos ao governo do Tocantins foi transmitido pela Band nesta quinta-feira com seis blocos. Por uma hora e meia, Siqueira Campos(PSDB) e Carlos Gaguim(PMDB) trocaram acusações e buscaram usar dos espaços de réplica e tréplica para destacar as próprias propostas e enfatizar as "fragilidades" do oponente.

JOCYELMA SANTANA, Agência Estado

13 de agosto de 2010 | 02h00

Nos três primeiros blocos, os candidatos fizeram perguntas entre si. Quando o tema foi saúde, Gaguim defendeu a construção de clínicas especializadas na saúde da mulher, nos 139 municípios. Já Siqueira Campos, ao falar de industrialização, criticou a política de incentivos fiscais do atual governo, considerando-a inexistente. E cobrou respostas de Gaguim quanto ao suposto funcionamento de um "cartel dos combustíveis na capital".

No quinto bloco, jornalistas fizeram perguntas para os candidatos. O tema foi a entrega de bicicletas do Projeto Pioneiros Mirins, suspensa por determinação da Justiça Eleitoral, em junho. Gaguim disse que as bicicletas foram fruto de doação, e que "criança não vota", por isso não havia intenção eleitoral na entrega. Pergunta semelhante também foi feita ao candidato tucano, questionando se as bicicletas doadas por ele, quando governador, foram compradas sem licitação. Siqueira negou dizendo que tudo foi feito "conforme prevê a lei".

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010debateTocantins

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.